27 de Setembro de 2015

Era o slogan do Marcelo, em todas as conversas de facebook nas quais ele tentava, amorosamente, me explicar que continuava disposto a contribuir para a campanha com sua experiência em Publicidade e Propaganda, mas que já estava cheio de tanto “bla bla bla”.

Bom, ser um fazedor  também pode ser uma expressão legítima do Espírito Humano, e eu posso conviver com isso. Graças ao Marcelo, você está lendo esta história num formato bacana. Nascimento de gêmeos: o site e este blog.

Simultaneamente, eu começava a receber ofertas de meus amigos, todos querendo contribuir com seus dons e talentos.

Eu estava pronta para gravar um vídeo, publicar um site, lançar a campanha e arrecadar milhares de dólares. Só que não.

Não antes de realizar o Art of Hosting Organizações II, cujo propósito tinha a ver com a lembrança de certos indivíduos que, na minha percepção, representavam a própria antítese na batalha pelo Espírito Humano travada dentro das empresas.

E olhando para estes Guerreiros pelo Espírito Humano que atuam dentro das organizações, penso no grande serviço que todos estes fantásticos “fazedores” estão prestando neste processo de transição do modelo competitivo para o colaborativo…gratidão!!

AoH OrganizaçõesII 2015

Faça parte de nosso projeto

Faça parte de nosso projeto

Junte-se àqueles que buscam um mundo mais vivo.

Obrigada! Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Share This