Desaforos Amorosos
de uma Desprogramadora de Medos

Após 2 anos publicando textos disruptivos na internet, atendendo a pedidos, nasce o livro “Desaforos Amorosos de uma Desprogramadora de Medos”, minha contribuição darleniana para um mundo com menos medo, mais humor e amor, por favor!

Como você chegou até aqui, acho que decidiu ser parte da jornada. Você pode pedir quantos quiser! É uma excelente pedida para presentear – e/ou mergulhar neste conteúdo.

Se quiser degustar um pouco do que escrevo, veja aqui neste link.

Em caso de dúvida, escreva-me em desaforosamorosos@gmail.com

Mas, se preferir, você pode compra-lo agora mesmo através deste site, com pagamento pelo PagSeguro. É simples, rápido e muito seguro. Clique no botão abaixo e compre seu exemplar. Obrigada.

😉

 

Você pode comprar pelo PagSeguro ou fazer depósito diretamente na conta após preencher este formulário:

Conheça um pouco mais do trabalho de arte, realizado artesanalmente.

E veja, também, o prefácio escrito carinhosamente por Gus Benke.

O seu medo tem medo da morte?
E caso morresse, deixaria saudade?

Para se desconstruir algo, é preciso ter muita clareza do contexto em que esse algo foi construído.

Para que eu possa ver meu ponto cego, preciso mudar de posição. O ponto cego nasce de uma limitação de ângulo.
A maneira como Darlene fala incita isso, é uma provocação produtiva.
Num primeiro momento pode parecer estranho, e por ser estranho, olhamos de novo. Aí acontece a magia: nesse olhar de novo, surge uma nova percepção dos fatos e da nossa relação com eles, com menos autoimportância, menos certeza e apego ao que já estava consagrado como verdade.

Quem diria, o amor disfarçado de desaforo.

Prefácio de Gus Benke

Entre em contato